Artists 2016

To be announced in the coming days....

19.00h Juantxin Osaba

Olé, Olé! Para abrir o Festival temos o nosso amigo de longa data para nos ensinar a dançar e bater palmas ao mesmo tempo. É cedo não se esqueçam!
Juantxin Osaba teve o primeiro contacto com a guitarra com 9 anos.Formou se em guitarra clássica no conservatório de Bilbao, ao mesmo tempo que fazia parte do coro do conservatório de música barroca, o que o levou a viajar desde pequeno.
A sua paixão pelo Flamenco começou desde jovem quando se mudou a Madrid e começou a trabalhar e estudar com Lina Fonteboa na escola Amor de Dios. Trabalhou com bandas como Candela em Madrid e Calima em Barcelona (dois discos nomeados aos Grammy Latinos), bem como participações em diferentes festivais internacionais: “ Festival de la Romería” em Cuba, Festival Flamenco de Jerez, Festival Intenacional de Jazz del Cairo, Festival Flamenco de Mont de Marsans entre outros.
Flamenco de alma e coração, Juantxin é um músico versátil, inquieto e que gosta de improvisar. Músico sem barreiras, misturando com perfeição qualquer estilo musical, ele compõe e canta suas próprias canções.
--------------------
Olé, Olé! To open the festival we have our longtime friend to teach us how to dance and clap at the same time. Come early don't forget.
Juntxin Osaba had hirst touch with a guitar at nine years old. Graduated in classic guitar at Bilbau Music Conservatiore ant at the same time made part of the Choir of the Corservatoire of baroque music and led him to travel since he was little.
His Flamenco passion began soon when he moved to Madrid and began to study with Lina Fonteboa at Amor de Dios school. Worked with bands like Candela in Madrid and Calima in Barcelone ( two records nominee for the Latin Grammy Awards), as well as participations in a lot of international festivals like “ Festival de la Romería” in Cuba, Festival Flamenco of Jerez, Festival Intenacional of Jazz of Cairo, Festival Flamenco of Mont de Marsans among others.
Flamenco in soul and in at heart, Juntxin is a versatile musician who likes to improvise. Musician without barriers, mixing with perfection any musical genre and he writes and sings his own songs.

20.00h - Mishka @ Arrifana Sunset Fest 2016

De volta à Arrifana. Mishka volta a fazer-nos uma visita este ano. Depois de um concerto memorável com a banda, apresentar-se-á a solo. Imaginem fechar os olhos por um momento, mas só por um momento enquanto o sol se põe. Mágico não é? Sim, vai ser.

Nascido nas Bermudas e crescido nas Caraíbas, Mishka é um viajante e um navegante do fundo do coração. Um espiríto livre de quem as suas melodias e ritmos, são reflexos das raízes e da cultura na qual cresceu. A música de Mishka é Caribenha no seu epicentro, mas é também um som eclético que contém muitos elementos e géneros. Dos baixos fortes do reggae, a melodiosas baladas, canções de amor, canções consciência e de justiça social.

Lançou até agora cinco álbuns de longa duração, onde se incluem o álbum homónimo Mishka em 1999, One Tree em 2005, Above the Bones em 2009, Talk About em 2010, The Journey em 2013, o EP Anything Anytime Anywhere em 2012 e Ocean Is My Potion em 2013 nos quais foi muito bem recebido pela critica do mundo inteiro. Em 2009 Mishka lançou uma edição especial só em formato digital, uma colecção de canções acústicas que se chamam “Guy with a Guitar” e foi reonhecido como o melhor álbum de “Best Singer Songwriter Collection of the year”.
_______________________________________________________

Back to Arrifana. Mishka will visit us once again this year. After a remarkable concert with his band in 2014, Mishka will be back for a solo concert. Imagine you’re closing your eyes for a moment, just for a moment, while the sun sets. Magical, right? Yes, it will be magical.

Born in Bermuda and raised in the Caribbean, Mishka is a traveler and a sailor at heart. A free spirit, whose lyrics melodies and grooves, are reflections of the roots and culture in which he grew, Mishka’s music is Caribbean at the core, and yet it's an eclectic sound that contains many elements and genres. From bass heavy roots reggae, to mellow acoustic ballads, songs of love, songs of social justice and consciousness, you have to hear for yourself and experience the music."
Mishka has released five full length Albums to date including the eponymous Mishka in 1999, One Tree in 2005, Above the Bones in 2009, Talk About in 2010, The Journey in 2013, and EP’s Anything Anytime Anywhere in 2012 Ocean Is My Potion in 2013 all of which have received critical acclaim around the world. In 2009 Mishka released a special digital only collection of acoustic songs entitled Guy With a Guitar which iTunes named the Best Singer Songwriter Collection of the Year.

21.45 Off The Lip

De volta estão também os nossos rapazes Off the Lip. Nascidos e criados nas nossas praias paradisíacas apresentam-se antes de lançar o novo disco. Venham ouvi-los.
Formada em 2012 em Aljezur (Algarve, Portugal) por Jack Golds, guitarrista, vocalista e compositor principal. Influenciadas pelo estilo de vida da Costa Vicentina, as músicas dos Off The Lip variam entre vários géneros mantendo sempre as letras poéticas mas descritivas do frontman britânico, relatando tanto histórias pessoais, como temas mais universais. Em 2015 foram lançados os seus primeiros singles com videoclips "Keep Happy", "Reggae in the morning" e "Midnight Mayhem". Os temas fazem parte do seu primeiro álbum "Local Foreigner", gravado em Aljezur com o produtor Jonny Bull, um britânico com um passado de sucesso na música, já tendo trabalhado com grandes artistas, entre os quais Lily Allen. Neste momento a banda é composta pelos dois irmãos Golds, o mais novo, Louie complementa a sua voz e harmónica com a sua energia contagiante , o Ricky Brogden no baixo, guitarra e voz, António Mandala na percussão e Hugo Fontainhas na bateria.
------------------------------
Also back are our hometown boys. Borned and raised in our paradise beaches they will show us their upcoming album. Come on too hear them.
Jack Golds, vocals and guitar, had the idea and in 2012 the band was born. Influenced by the lifestyle of Costa Vicentina in Aljezur, their music goes around with the styles keeping their poetic words and descritable by his british frontman, telling us personal histories as unoversal subjects about life. In 2015 they lauched their first three singles- videoclips "Keep Happy", "Reggae in the morning" e "Midnight Mayhem". The themes are included in their upcoming álgum “Local Foreigner”, recorded in Aljezur with the producer Jonny Bull, another british with a success history in music, being worked with Lilly Allen for instance. The band is completed by jack's young brother Louie in chorus and harmonica, Ricky Brogden on the Bass, António Mandala in the percussions and Hugo Fontaínhas on drums.

22:45h True Vibenation@Arrifana Sunset Fest 2016

Pela primeira vez em Portugal, acabados de sair do festival de Glastonbury onde partiram a loiça toda, temos o prazer de vos apresentar os True Vibenation. Venham conhecê-los.

Os True Vibenation são desintegrados do seu meio ambiente. Amassados entre dois gémeos zimbabuanos, criados por pais artistas/activistas, com um toque de um neozelandês e uma boa dose de cornetas, temos aqui uma combinação que não encontramos em lugar nenhum da Austrália.
Nos últimos anos, na parte interior ocidental de Sidney, o trio tem desenvolvido uma forte base de fãs devido às suas performances ao vivo, onde o espectáculo nos leva a dançar de uma maneira especial e inconsciente com canções com fortes refrões, rap muito afiado com cornetas a soar com batidas eletrónicas. Eles até inventaram um instrumento que põe literalmente o corpo do publico a soar como baterias humanas. Desde que lançaram o seu álbum de estreia pela Sunshower Phenomenon através da Big Village Records, tem fortalecido a carreira da banda e trouxe ao som elementos de Afro-beat, dubstep, soul e música eletrónica transformando o som numa mistura que poderia ter saído de qualquer outra parte do mundo.
_________________________________________

For the First time in Portugal, just after the Glastonbury Festival where they had a perfect performance, we have the pleasure to announce True Vibenation. C'mon and meet them.

True Vibenation are misfits. Mash together two Zimbabwean-born twins raised by artist/ activist parents, a touch of Kiwi and a good dose of horns and you have a combination you wonʼt find anywhere else in Australia. Over the years, the inner-west Sydney trio have developed a strong following thanks to a live show which revels in making you dance in a semi ʻspecialʼ, unselfconscious way and songs that combine infectious hooks and razor sharp raps with roaring horns and genre-bending electronic beats. They even have a self- made instrument that literally turns audience members into human drum machines! True Vibes really have created a distinct yet instantly catchy sound all their own. Since releasing their debut album The Sunshower Phenomenon through Big Village Records, True Vibenation has been going from strength to strength. The album brought a fresh approach to hip hop, blending elements of Afro-beat, dubstep, soul and electronic music to create a sound that could have come out of anywhere in the world.

00.00h Caravãna Sun

Os nossos amigos estão de volta ao portinho dos pescadores. Venham conhecê-los ou matar saudades destes 4 sublimes artistas.
Muito aconteceu nestes últimos anos anos aos Caravãna Sun. Com mais de 500 concertos e 4 tournés europeias (Sim 4!) e dois álbuns. O quarteto não sabe o significado do termo estar parado. Têm o prazer de anunciar que um novo single e um novo álbum estão quase aí e mais uma data de concertos para dar. Em Abril ultimo lançaram o single “Eye of the Storm” incluido nesse mesmo quarto álbum. “Eye of the Storm” representa a luta que é dirigir a nossa vida para longe que quem se ama. Enquanto a frustração, a ansiedade e a angustia mascaram as emoções, mas fundo do coração tu nunca a vais deixar. - Luke Carra (Vocais / Guitarra) concentrou-se em descobrir novas sonoridades que pudessem fazer sobressair o seu som eclético e a fusão entre o surf/dub/rock . O novo nome do álbum nasceu através da ligação da banda com a sua casa, a sua terra e o mar.
-----------------
Our friends are back in the harbour. Come and meet them or come to see them again, these magnificent 4 sublime artists deserve it.
Much has happened over the past 5 years for Caravãna Sun. With over 500 gigs under their belts – 4 European tours (yes 4!) and 2 albums. The Sydney four piece don’t know the meaning of being idle. The band are pleased to announce that a brand new single and album is looming large plus a bunch of live dates to boot. This April they release the first single EYE OF THE STORM from the forthcoming new album. "Eye Of The Storm represents the struggle of leading a life away from the person you love. While frustration, anxiety and angst mask your emotions, in the depths of your heart you’ll never let go” - Luke Carra ( Vocals/Guitar) Quartermain and Caravãna Sun focused on producing a contemporary sound to enhance their eclectic surf/dub/rock fusion. The new album was born out of the band’s connection to their home, land and sea.

01.45h TobyONE. (UK)

De volta aos comandos dos pratos e das misturas loucas temos o nosso amigo TobyOne. Já faz parte da familía quase desde o inicio desta aventura que têm sido a festa da Arrifana. Para vocês e para dançar muito...

DJ. FUNK DIGGER. ARTISTA MASHUP . SURFISTA
Co-fundador do icónico Funk Royale sound sytem com 10 anos residência em Londres ( Herbal, 43 south moulton street SOHO e no Nottinghill Arts Club) eleito pela revista TIMEOUT, como umas das 5 melhores noites de 2009 da capital inglesa.
Co-fundador do Pincho Social Club, responsável por trazer vários artistas de renome internacional a Portugal.
A sua diversidade e maneira única como aborda os eventos levaram-no a actuar por todo o mundo. Sendo reconhecido pelo estilo único como faz as suas misturas.
De fazer DJ com os seus filhos a abrir o palco em Wembley com Public Enemy e Prodigy foi um pequeno salto. Do Bestival Fest no Reino Unido ao Bowlriders World Skate em Marselha- França, do Arrifana Sunset Fest Aljezur em Portugal ao Vega Klub em Copenhaga. O TobyOne sente-se em casa tocando música em qualquer lugar.
________________

Back to the controls of the turntables and the crazy mixings we have our friend TobyOne. He's part of the Arrifana family almost since the beginning of this party adventure history. For you and to dance a lot....
Co founder of the iconics Funk Royale sound system, with a ten years residence in London (Herbal, 43 south moulton street SOHO e Notting Hill Arts Club) was elected by TIMEOUT magazine as the top five nigths in 2009.
Also co-founder of Pincho Social Club, where he helps promoting some international artists in Portugal.
His diversity and the way he aproaches his performances took him to act all over the world, being known by his unique style on mixing.
Since being a Dj with his kids to open in Wembley to Public Enemy and Prodigy was a small step. From Bestival Fest in the UK to Bowlriders World Skate in Marseille, France and Arrifana Sunset Fest in Portugal to Vega Klub in Copenhagen, Toby One feels at home playing music where ever he is.

3.00h Michael Lesar

Carinhosamente tratado em Joanesburgo na África do Sul como o Rei do swing, Michael Lesar explodiu no meio como co-fundador e dj residente das lendárias festas da DeepHeet Parteez (2002-2012) que rapidamente se tornaram as melhores na CT House Scene, estabelecendo-o como uma figura incontornável no género de musica.
Mudou-se em 2009 para Joanesburgo e foi logo contratado para tocar na abertura do Dj Fresh & Euphonik ( Battle of the Dj's), a tocar muito com Tiny T, criaram o número “Audio Villains”( Michael Lesar & Tiny t ).
Com o seu som único e a sua experiência acumulada em 20 anos na industria da musica, Os Audio Villains rapidamente tiveram um boost para a cena musical, subiram nos charts e atuaram em grandes festivais e clubes por toda a Joanesburgo, abrindo espetáculos para Godfish, Goodluck, Republic, Dj Fresh ,Roger Goode... e a lista não tem fim.

Enquanto os Audio Villans estavam a bombar na cena da House Music, o Mike desenvolveu a marca “Michael Lesar” para partilhar com todos os seus ecléticos gostos musicais que vão do House, Funk, Electro Swing, 70s Disco, Disco House, 50s RnB, 50s Soul até ao Afro House.
-------------------------
Fondly known as Johannesburg South Africa's King of Swing Michael Lesar burst onto the scene as co-founder and resident dj of the legendary DeepHeet Parteez (2002-2012) which fast became one of the premium events on the CT House Scene, firmly establishing him as a prominent figure within the genre.
In 2009 Mike moved to Johannesburg and was soon booked to play the opening set for Dj Fresh & Euphonik ( Battle of the Dj's ), playing a back-to-back set with Tiny t inspired the birth of the house act 'Audio Villains' ( Michael Lesar & Tiny t ).
With their unique sound and combined experience of over 2 decades in the industry, Audio Villains literally exploded onto the scene and quickly climbed the ranks securing gigs at top quality events and clubs all over Johannesburg, opening for top local acts like Goldfish, Goodluck, Flash Republic, Dj Fresh ,Roger Goode... the list goes on...
While Audio Villains were rocking the house scene, Mike developed the brand "Michael Lesar' as to share his other eclectic taste of music. This exposed him to parties across musical genres.
Music Styles - House, Funk, Electro Swing, 70s Disco, Disco House, 50s RnB, 50s Soul, Afro House

GUEST : DJ Sir Aiva

DJ SIR AIVA é o fundador do movimento Drum'n'Bass em Faro e um dos DJs mais falados do underground noturno no Algarve. Nascido em Lisboa, SIR AIVA mudou-se para o Algarve em 2002, e em 2003 trocou a bateria em projetos rock pelo DJing, pelas festas e pelos decks. A música do SIR AIVA é influenciada pelo seu percurso no surf/skate/snowboard e por muitas viagens por todo o Globo. Apresenta uma variedade surpreendente em estilo, desde o downtempo ao breakbeat, bem como dentro do Drum'n'Bass - o género onde construiu a sua reputação. Desde 2005 que SIR AIVA divulga radiofonicamente a música carregada de linhas de baixo, em programas de rádio na RUA FM - Rádio Universitária do Algarve 102.7 e Radio Fragola (Trieste, Itália). Hoje em dia apresenta o S.C.U.B.A. drum'n'bass radio show e o Destilaria na RUA FM. Adepto do vinyl, DJ SIR AIVA já esteve a cargo dos decks em clubes de Norte a Sul, e incendiou pistas com milhares de pessoas em eventos como a Noite Branca ou Semanas Académicas do Algarve. Mas não se ficando por aqui, viaja regularmente além fronteiras até à Alemanha, Itália e França. Pelo caminho, além de partilhar regularmente os decks com os melhores DJs nacionais da bass music, também o faz com nomes internacionais como Dub Incorporation (FR), Spectrasoul, (UK), Krafty Kuts (UK), Stanton Warriors (UK), Dub Pistols (UK), TREi (NZ), The Prototypes (UK) ou Feed Me (UK) em festas memoráveis para delicia dos ravers.
Em 2015 fez parte do line-up do Electric Loop, o maior festival de drum'n'bass jamais realizado em Portugal, tocando ao lado do lendário Goldie (Metalheadz / UK) Na produção conta já com dois remixes de edição limitada para os projectos nacionais Deep:Her (Night Birds) e Deep Coffe Nonsense (I'll Crush Your Ego) com airplay em várias rádios nacionais e internacionais.

Website sponsored and designed by Algarvissimo.com - 2013/2014/2015/2016 by Arrifana Sunset Fest - Algarvissimo - Arrifana Sunset Surf Shop